Início » CIM do Tâmega e Sousa estimula processos artísticos com a comunidade com o projeto “Aldear”

CIM do Tâmega e Sousa estimula processos artísticos com a comunidade com o projeto “Aldear”

por admin

Aldear aposta no envolvimento e empoderamento da população de 11 aldeias e bairros da região

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), em parceria com os seus 11 municípios, vai dinamizar o Aldear, um projeto intermunicipal na área da cultura que pretende capacitar, valorizar competências e a identidade local, empoderar as comunidades, contribuindo para o sentido de pertença das populações envolvidas.

O Aldear decorrerá entre 5 de junho e 7 de agosto de 2021, durante as tardes de fim de semana, percorrendo 11 aldeias e bairros dos municípios do Tâmega e Sousa. Serão 11 dias de programação cultural, com 33 processos artísticos, envolvendo artistas contemporâneos oriundos de várias partes do país. 

Congregar, povoar, estabelecer, reunir e usufruir são sinónimos de Aldear, a designação adotada para o projeto intermunicipal a desenvolver no âmbito da operação Cultura para Todos – Tâmega e Sousa. O Aldear propõe a execução de um projeto artístico integrado que se caracteriza pelo envolvimento de três equipas artísticas em cada local de atuação, dinamizando diferentes públicos-alvo e grupos dessa comunidade, com vista ao desenvolvimento de competências sociais e humanas a partir do trabalho artístico, perspetivando a execução de uma tarde de encontro comunitário, aberto ao público, capaz de valorizar o trabalho dos intervenientes e dinamizar o envolvimento amplo da comunidade do local de intervenção.

Em resposta aos desafios sociais atuais importa, ainda, encarar a inclusão nas suas diversas dimensões. Para além das barreiras físicas, existem outras barreiras sociais e culturais que inibem a criação de espaço público. O Aldear pretende voltar a criar hábitos de ocupação da rua, recriando os “naturais encontros”. A existência de espaço público, vivido e partilhado, é essencial para a criação de redes e de sociedades mais inclusivas. 

O envolvimento de 15 agentes artísticos especializados no trabalho com a comunidade irá contribuir para a criação efetiva de redes robustas de valorização dos indivíduos em comunidade. Mais do que desenvolver 33 processos artísticos com a população ou 11 dias de encontro comunitário, o Aldear pretende agitar e dinamizar, durante o seu período de aplicação, os públicos-alvo e, de uma forma geral, toda a comunidade dos locais de execução definidos, potenciando a materialização de um projeto com contexto comum aos 11 municípios, que possibilite a valorização da identidade intermunicipal e a coesão territorial.

A programação detalhada, fruto dos processos de cocriação em curso com a comunidade, será anunciada em breve.

O Aldear é um projeto promovido pela CIM do Tâmega e Sousa, em parceria com os municípios de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende, no âmbito da operação Cultura para Todos – Tâmega e Sousa, sendo cofinanciado pelo NORTE 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FSE – Fundo Social Europeu.

www.cimtamegaesousa.pt

Também poderá gostar de

Escrever um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.