Home Saúde Jornadas de Neonatologia reúnem especialistas no CHTS
Jornadas de Neonatologia reúnem especialistas no CHTS
0

Jornadas de Neonatologia reúnem especialistas no CHTS

0
0

O psicólogo Eduardo Sá é um dos oradores convidados

Esta sexta-feira, 21 de setembro, a Unidade de Neonatologia do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) organiza as I Jornadas de Neonatologia que vão ter como tema central o recém-nascido e a família.

O programa das jornadas, para além dos profissionais do CHTS, conta também com oradores convidados que, dividindo-se por quatro mesas, vão abordar temas como o “Apoio ao bebé prematuro”; “Gemelaridade – várias perspetivas”; “Desenvolvimento do recém-nascido e lactente” e “Particularidades do exame físico do recém-nascido normal”.

No tema “Apoio ao bebé prematuro”, será apresentada a evolução do “Crescer com Afetos”, projeto de apoio à parentalidade criado, em 2015, com o propósito de humanizar ainda mais os cuidados na Unidade de Neonatologia do CHTS.

Faz também parte do programa a conferência “Vinculação no Período Neonatal” que terá como orador convidado Eduardo Sá, psicólogo clínico e autor de livros de divulgação sobre saúde familiar e educação parental

No âmbito do desenvolvimento infantil, a oradora convidada é Júlia Guimarães, pediatra com reconhecido trabalho na área clínica e de investigação do Desenvolvimento Psicomotor Infantil, que falará sobre “Primeiro ano – Intervenção / Afetos”.

Este evento científico terá lugar no Hospital Padre Américo, em Penafiel, e é dirigido, especialmente, a enfermeiros, médicos, psicólogos e assistentes sociais envolvidos nas áreas de Neonatologia, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Medicina Geral e Familiar.

A Unidade de Neonatologia e o Projeto Crescer com Afetos

O Crescer com Afetos, projeto de apoio à parentalidade, foi criado em 2015, com o propósito de humanizar ainda mais os cuidados na Unidade de Neonatologia do CHTS.

O projeto alia várias técnicas que são utilizadas noutras instituições e países, adaptando-as à realidade do CHTS tais como, por exemplo, o toque nutritivo, o método canguru e a massagem infantil.

Também é disponibilizado apoio, enquanto estão na unidade e mesmo depois da alta, aos pais e irmãos dos bebés prematuro através da Unidade de Psicologia e do Serviço Social.

Para os irmãos existe ainda um apoio diferenciado, são incentivados a visitar o bebé na unidade e a fazer desenhos para colocar na incubadora e sentirem-se assim, valorizados e integrados na família. As bonecas de arroz fortalecem também o laço entre irmãos. Estas bonecas são cheias com o peso correspondente ao do bebé prematuro e são dadas aos irmãos para cuidar.

No âmbito do Crescer com Afetos, cada bebé prematuro recebe ainda um polvo em croché, que tem por base um projeto dinamarquês. Os tentáculos do polvo assemelham-se ao cordão umbilical e a cabeça do polvo à textura do útero materno e isso ajuda a que se sintam mais confortáveis no ambiente da incubadora.

Estes polvos são feitos por voluntários, particulares e instituições, que os oferecem à Unidade de Neonatologia.

Após a alta do bebé, os pais são convidados a fazer um curso de massagem infantil onde podem também discutir temas sobre a parentalidade e tirar dúvidas. Para ajudar nesse sentido, o projeto tem também um guia de apoio aos pais, uma página de Facebook e um website que os pais podem consultar para obter informações ou colocar questões.

tags: